....
....

08/04/2019

Em João Pessoa: Polícia prende suspeito de abrir empresas fantasmas e aplicar golpe de R$ 15 milhões


A Polícia Civil da Paraíba prendeu, na tarde desse domingo (7), em João Pessoa, um homem suspeito de aplicar golpe de R$ 15 milhões ao Governo do Estado. José Barreiro Maia Filho foi preso por equipes da Delegacia de Crimes Contra a Ordem Tributária de João Pessoa. O trabalho teve apoio do Ministério Público da Paraíba, Secretaria de Estado da Receita e Fisco Estadual.

 

De acordo com o delegado Hector Azevedo, o preso possuía documentos falsos, com os quais abria empresas em nome de pessoas inexistentes e vendia notas fiscais sem pagar os impostos devidos aos cofres públicos. 

 

Em apenas uma empresa, que foi alvo da investigação, o total de tributos devidos totalizou R$ 15 milhões. Apesar da cifra expressiva, a polícia acredita que a operação pode ter alcançado o total de R$ 30 milhões de prejuízos.  

 

“Ele possuía seis documentos de CPF (Cadastro de Pessoa Física). Como a empresa estava em nome de pessoas que não existem, ou seja, ‘fantasmas’, não há como a dívida ser cobrada pelo Estado, gerando enorme prejuízo aos cofres públicos”, afirmou o delegado. 

 

José Barreiro foi preso preventivamente e responderá pelo crime de estelionato. Ele foi submetido a exame de corpo de delito e recolhido à carceragem da Central de Polícia de João Pessoa. Nesta segunda-feira (8), será apresentado à Justiça durante audiência de custódia – Secom-PB.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas