....
....

25/04/2019

Ibope: aprovação ao governo Bolsonaro cai de 49% para 35%. “Ruim ou Péssimo” sobe de 11% para 27%


Pesquisa Ibope divulgada nesta quarta-feira (24) indica os seguintes percentuais de avaliação sobre o governo Jair Bolsonaro (PSL):

 

Ótimo/bom: 35%

 

Regular: 31%

 

Ruim/péssimo: 27%

 

Não sabe/não respondeu: 7%

 

A pesquisa foi encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). De acordo com a entidade, o levantamento foi feito entre os dias 12 e 15 de abril e ouviu 2 mil pessoas em 126 municípios.

 

Esta é a primeira pesquisa Ibope encomendada pela CNI desde que Bolsonaro assumiu o governo.

 

O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 2 pontos, para mais ou para menos.

 

Em março, o Ibope divulgou uma pesquisa (não encomendada pela CNI) sobre a aprovação do presidente. Os números de março foram: Ótimo/bom: 34%; Regular: 34%; Ruim/péssimo: 24%; Não sabe/não respondeu: 8%.

 

Evolução dos índices em relação a pesquisas anteriores

 

O quadro abaixo mostra a evolução dos índices em quatro pesquisas, realizadas pelo Ibope nos meses de janeiro, fevereiro, março e abril deste ano:



 

Comparação com presidentes anteriores

 

De acordo com o Ibope, Bolsonaro tem índice de ótimo/bom inferior ao registrado em início de governo pelos ex-presidentes Fernando Collor de Mello (45% em maio de 1990); Itamar Franco (34% em janeiro de 1993); Fernando Henrique Cardoso no 1º mandato (41% em março de 1995); Dilma Rousseff também no 1º mandato (56% em março de 2011); e Luiz Inácio Lula da Silva em seus dois mandatos (51% e março de 2003 e 49% em março de 2007).

 

O percentual de Bolsonaro, contudo, supera o de FHC no 2º mandato (22% em março de 1999); o de Dilma Rousseff também no 2º mandato (12% em março de 2015); e o de Michel Temer (14% em setembro de 2016).

 

Aprovação da maneira de governar

 

Outro item da pesquisa é a aprovação da maneira de governar do presidente Jair Bolsonaro. O resultado foi:

 

Aprova: 51%

 

Desaprova: 40%

 

Não sabe/Não respondeu: 9%

 

Confiança no presidente

 

A pesquisa divulgada nesta terça também questionou os entrevistados se confiam no presidente. As respostas foram:

 

Confia: 51%

 

Não confia: 45%

 

Não sabe/não respondeu: 4%

 

Perspectivas sobre o restante do governo

 

Questionados sobre as perspectivas para o restante do governo, os entrevistados responderam:

 

Ótimo/bom: 45%

 

Regular: 25%

 

Ruim/péssimo: 23%

 

Não sabe/não respondeu: 7%

 

Os detalhes da pesquisa estão publicados no portal G1.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas