....
....

06/05/2019

João Azevêdo autoriza investimento de R$ 3,1 milhões para obras de esgotamento sanitário em São João do Cariri


O governador João Azevêdo assinou, neste sábado (4), a ordem de serviço para início das obras de implantação do sistema de esgotamento sanitário do município de São João do Cariri. O investimento de R$ 3,1 milhões – oriundos do tesouro estadual e da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) -  irá beneficiar diretamente mais de 2,2 mil pessoas.

 

Prestigiaram o evento o deputado federal Gervásio Maia, o deputado estadual Buba Germano, prefeitos, ex-prefeito, vereadores e lideranças da região, além de auxiliares do Governo da Paraíba.



 

Na ocasião, o chefe do Executivo estadual ressaltou que as obras de esgotamento sanitário autorizadas em São João do Cariri melhoram a saúde, a qualidade de vida e o índice de desenvolvimento do município.

 

“No aniversário da cidade, estamos trazendo um presente extremamente importante e já apresentamos 54 projetos à Funasa e estamos trabalhando para a liberação dos recursos para que todas as cidades que compõem a bacia hidrográfica do Taperoá e do Rio Paraíba possam ter esse benefício, evitando a poluição das águas do São Francisco que chegam à Paraíba”, explicou o governador.



 

O gestor também garantiu o empenho do Governo do Estado para assegurar ações em todas as regiões da Paraíba. “Nós estamos investindo em obras e políticas públicas para que a Paraíba avance cada dia mais. O Governo está sempre presente em todas as cidades e já isentamos a cobrança de ICMS das contas de energia, publicamos editais para aquisição de produtos da agricultura familiar e do projeto Acolher, dobramos o valor do abono natalino e aumentamos em 40% o valor do cartão alimentação, aprovamos um empréstimo de US$ 50 milhões para o projeto Cooperar investir na base da economia e vamos injetar R$ 40 milhões na segurança pública para instalações dos Centros Integrados de Comando e Controle”, completou.

 

O sistema de esgotamento sanitário consiste em rede coletora com extensão de 2.862 metros; execução de 265 ligações domiciliares; implantação de estação elevatória de esgotos com vazão de 13,5 m³/h, com 915 metros de emissário de recalque; e implantação de estação de tratamento de esgotos do tipo lagoa de estabilização, anaeróbia e facultativa – Secom-PB.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas