....
....

11/05/2019

Morre em Campina Grande Gilvan Aguiar, técnico que instalou a primeira emissora FM da Paraíba


Faleceu neste sábado (10), em Campina Grande, o ex-diretor técnico da Rádio Campina Grande FM, Gilvan Aguiar. A noticia foi confirmada por Gilberto Motta, companheiro de trabalho de Gilvan, através de uma mensagem postada no facebook.

 

“Muito obrigado pela sua amizade e ensinamentos. Gênio, assim te chamava. Que papai do céu te receba de braços abertos Gilvan Aguiar. Meus sentimentos aos familiares”, publicou Gilberto.



 

Gilvan Aguiar trabalhou durante muitos anos nas rádios Campina Grande FM e Serra Branca FM. Parceiro do falecido Hilton Carneiro Motta, pioneiro da radiofonia campinense, fundador das duas emissoras, coube a Gilvan Aguiar montar as estruturas destas duas rádios – sendo a Campina FM a primeira da cidade e da Paraíba, e a segunda do Nordeste, fundada em 1978.



 

O trabalho de Gilvan Aguiar foi reconhecido, ainda em vida, pelo então vereador Veneziano Vital do Rêgo – hoje Senador da República – que apresentou na Câmara Municipal de Campina Grande uma propositura para conceder Medalha de Honra ao Mérito pelos serviços prestados por Gilvan Aguiar à radiofonia campinense.



 

A propositura de Veneziano foi aprovada por unanimidade na Casa de Félix Araújo e entregue ao homenageado, em sessão solene.


Atualizado dia 11.05.2019 às 10:59h: O corpo de Gilvan Aguiar está sendo velado na Central de Velórios 'A Viagem', no bairro de São José, em Campina Grande; e o sepultamento ocorrerá às 16h deste sábado (11), no Cemitério do Monte Santo.

 

Carlos Magno

 

VEJA TAMBÉM:

Cheirar pum pode prevenir câncer, AVC, ataque cardíaco, artrite e demência, diz estudo de universidade do Reino Unido

- Assassinato de moradores de rua em Campina Grande-PB gera comoção: radialista faz artigo em homenagem a "Maria Suvacão"

- UEPB vai ganhar curso de Medicina no campus de Campina Grande. Veja detalhes

-Cliente que passar mais de 20 minutos em fila de banco na Paraíba receberá indenização

- Jovem forja a própria morte para saber "quais pessoas se importariam com sua ausência" e vem a público pedir desculpas